Arequipa

História, aventuras, compras e belíssimas paisagens

Uma encantadora cidade colonial, com fachadas em estilo barroco e construções em arco que marcam a época da colonização espanhola, além de edifícios construídos em sillar, material petrificado do vulcão El Misti, símbolo de Arequipa, - que vem da oração “arequipai”, que em quéchua quer dizer “Sim, fique!”.
 
O Centro Histórico de Arequipa, graças à sua originalidade e diversidade natural, foi tombado pela UNESCO como patrimônio histórico.
 
Com belíssima vista para os Andes, montanhas e vulcões cobertos pela neve, você encontrará diversos shoppings, comércio, rodoviária nacional e internacional, parques, 05 sítios arqueológicos, um povo acolhedor com roupas coloridas, igrejas com valiosíssimas imagens barrocas e altares mesclados de ouro e prata e mansões coloniais com arquitetura dos séculos XVI e XVII.

Centro Histórico de Arequipa
Considerado pela UNESCO como patrimônio histórico por sua originalidade e diversidade natural, Arequipa é uma das cidades mais antigas do América do Sul, foi palco de revoluções e terremotos, e também é conhecida pelos vulcões que a rodeiam:
 
  1. Chachani: o mais alto, com 6.089 metros, tem os seus cumes frequentemente cobertos de neve.
  1. El Misti: com 5 822 metros, tem a forma de um cone perfeito e está apenas adormecido. A sua última erupção foi em 1985.
  1. Pichu Pichu: É um vulcão extinto, com sete picos, o mais alto com 5.665 metros.
Plaza das Armas
Parte do elegante Centro Histórico é rodeada pela belíssima Catedral em estilo neoclássico, edifícios com fachadas em arco com lojas e ótimos restaurantes, onde podemos saborear a melhor comida regional, as mais deliciosas sobremesas e as notáveis cozinhas internacionais que agradam o mais requintado paladar.
 
Monastério de Santa Catalina
Destino obrigatório para o visitante de Arequipa, o Monastério de Santa Catalina é uma construção na grande área de um antigo convento para moças, onde se pagavam altos dotes para a igreja, e hoje abriga um museu que exibe pinturas da Escola Cusqueña.
 
Museu Santuário Andino
Neste museu, você poderá visitar a múmia da menina Juanita (acredita-se que ela tenha sido inserida em um complexo ritual de oferenda aos deuses, em 1466 d.C, aos 12 anos de idade).
 
O corpo de Juanita encontra-se exposto em um congelador com temperatura de 26° negativos, e é impressionante o seu estado de conservação e de todos seus pertences, oferendas para entregar aos Deuses, como milho, sandálias, túnicas de lã de alpaca,  brinquedos, folhas de coca, etc. O ritual de oferenda humano era motivo de honra para a família.
 
Periferias
Nos subúrbios de São Lázaro, Cayma e Yanahuara, você poderá apreciar uma belíssima vista do vale e seus vulcões.
 
Canyon do Colca
Um dos precipícios mais profundos do mundo, do Mirador La Cruz del Condor (a 4.400 m.a.n.m.) você terá uma visão espetacular dos condores voando na altura de seus pés, e o  rio Colca correndo no fundo do Canyon, onde se pode praticar canoagem ou kayakes no agressivo rio. Ótima opção para os aventureiros!
 
Vale do Colca
O Vale del Colca abriga aproximadamente 14 aldeias de povos descendentes de antigas Civilizações Andinas, que ainda guardam os costumes no idioma e em suas roupas típicas, comercializando seu colorido artesanato.
 
Chivay
Próximo de Chivay, seguindo por uma estrada cheia de curvas, rodeando a montanha, você encontrará os famosos baños termales e medicinales de Chivay e suas bonitas paisagens naturais. Lá você também vai encontrar variedades de serviços turísticos.

Confira nossas dicas pra que sua viagem seja ainda mais agradável:

  • Localização: Entre o litoral e o planalto sul do Peru, desde o deserto costeiro, quase ao nível do mar, a Cordilheira dos Andes, com grande altura no topo da neve e vulcões, abriga os cânions mais profundos na terra: Cotahuasi e Colca Canyon.
  • Extensão: 63.345 km²
  • Clima: Semiárido temperado, com chuvas entre janeiro e março
  • Temperatura:  Máxima de 22°C |  Mínima de 5°C
  • Altitude: 9 metros (Punta de Bombón) | 4.910 metros (Mirador de los Volcanes-Caylloma)
 
Arequipa é uma cidade grande, situada no sul frio e seco do Peru.
 
Além dos pertences que você normalmente leva em suas viagens, vale contar também com:
 
  • Roupas para climas temperados e frios, dependendo da estação do ano. No verão, é comum ter dias com temperaturas de 20°C e noites com um frio que chega a 5°C.
  • Hidratantes são sempre recomendados, uma vez que o clima tende a ser seco e, a despeito do frio, o sol é forte – leve também protetor solar no verão.
  • Por ser uma cidade grande, Arequipa não possui tanto apoio para turistas como em Lima e Cusco, por isso é importantes levar adaptadores de tomada e acessórios similares.
Preço


Destinos


Carregando...
Preço


Destinos


Carregando...
Quer ganhar descontos de até 50% e participar de promoções exclusivas?
Acompanhe nas redes sociais